sicnot

Perfil

Economia

Portugueses reservam pouco hotéis pela internet mas compram bilhetes de avião

Os portugueses utilizam pouco a Internet para reservar hotéis, mas estão quase em média com a União Europeia (UE) no que respeita à compra de passagens aéreas, segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat.

Grzegorz Jakubowski

Menos de uma em cada quatro reservas de hotel (20,2%) foi feita via Internet pelos portugueses, enquanto na União Europeia (UE) as marcações de alojamento em linha são mais de metade do total (54,8%), segundo o Eurostat.

O gabinete oficial de estatísticas da UE, que divulga dados de 2014, salienta ainda que a Roménia (7%) e a Bulgária (9%) são os países onde menos reservas de hotel foram feitas pela Internet, por oposição à Holanda (69%), França (68%) e Luxemburgo (67%), com mais de duas em cada três.

Já no que respeita à compra de passagens aéreas, Portugal (64,8%) está ligeiramente abaixo da média europeia (67,4%).

Nesta componente das deslocações turísticas, os habitantes da Finlândia (90%) e a Holanda (81%) são os que mais recorrem à Internet para comprar bilhetes de avião, enquanto a Roménia (23%), a Eslováquia (27%), a República Checa (38%), a Bélgica (45%) e a Grécia (47%) lideram o outro extremo da tabela.

O Eurostat publicou estes dados no âmbito do Dia mundial das telecomunicações e da sociedade de informação, que é hoje assinalado

  • Seca extrema agrava-se no interior alentejano, produção de trigo pode cair 40%
    6:22

    País

    A falta de chuva está a provocar prejuízos na agricultura, em especial no setor dos cereais, como o trigo que, este ano, deverá registar uma quebra de 40% na produção. O repórter Luís Godinho convidou o agricultor e professor de Ciências Agrárias na Universidade de Évora, Ricardo Freixial, para explicar os prejuízos que a seca está a provocar nas culturas e a sustentabilidade da agricultura portuguesa perante as alterações climáticas.