sicnot

Perfil

Economia

Três ministérios trabalham para encontrar soluções para os cortes nas reformas

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, disse hoje que continua a tentar encontrar uma solução para o problema dos cortes nas pensões das forças de segurança, que terá de passar por alterações legislativas.

"Estou a trabalhar com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e também com o da Justiça no sentido de encontramos uma solução que terá de passar pela criação de um regime jurídico de excepção mas que seja justo e equitativo", disse a ministra na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Constança Urbano de Sousa disse que não pode precisar quando estará concluída esta tarefa, acrescentando ser um problema que não afeta apenas as polícias, abrangendo igualmente a Polícia Judiciária.

Como a PJ está sob a alçada do Ministério da Justiça, o assunto está também a ser tratado com Francisca Van Dunem.

A ministra mostrou-se preocupada por a redução das pensões de reforma afetar os elementos da PSP e dos militares da GNR, sublinhando que vai continuar a trabalhar na questão de modo a que possam encontrar uma solução "justa e equitativa para todos".

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.