sicnot

Perfil

Economia

António Costa rejeita necessidade de medidas adicionais para baixar o défice

António Costa rejeita necessidade de medidas adicionais para baixar o défice

Marcelo Rebelo de Sousa diz que não há razões para alarmismo e que a Comissão Europeia apenas adiou uma decisão final para julho. Já o primeiro-ministro rejeita a necessidade de medidas adicionais e garante que a Comissão Europeia até tem uma meta menos exigente do que o governo português.

  • Portugal terá de apresentar medidas adicionais de mais de 700 M€
    0:47

    Economia

    A Comissão Europeia exige que o défice deste ano baixe para os 2,3% do PIB. Pelas contas de Bruxelas, isto implicará um esforço adicional de 4 décimas, ou seja, as medidas a apresentar deverão valer mais de 700 milhões de euros. Ficam também definidas novas metas para a redução do défice estrutural. Foram anunciadas pelo vice-presidente da Comissão Europeia, que diz que este pacote de medidas adicionais não será determinante para a decisão sobre as sanções, que levará apenas em conta o défice de 2015.

  • "Dia 25 de Abril é o dia para o Jardim Mário Soares"
    0:55

    País

    O dia da Liberdade foi também assinalado com a inauguração do Jardim Mário Soares, em Lisboa. A obra de requalificação da zona sul do Jardim do Campo Grande demorou cerca de dois anos e teve um custo de 1,2 milhões de euros. Além da plantação de novas árvores, o espaço conta com novos caminhos pedonais e mais iluminação. A cerimónia de inauguração contou com a presença dos do primeiro-ministro e dos presidentes da República, da Assembleia da República e da Câmara de Lisboa. Para Marcelo Rebelo de Sousa, inaugurar este jardim neste dia foi uma ideia perfeita da Câmara de Lisboa.

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17