sicnot

Perfil

Economia

Dívida externa líquida desce para 99,4% do PIB em março

A dívida externa líquida alcançou, no final de março, os 179,8 mil milhões de euros, o que representa uma redução de 2,4 mil milhões de euros face a 2015, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

Segundo o BdP, esta evolução "deveu-se sobretudo ao contributo das variações de preço" e representa, em percentagem do PIB, uma redução de 101,5% para 99,4%.

De acordo com os dados divulgados, no final de março, a Posição de Investimento Internacional (PII) foi negativa em 194,7 mil milhões de euros (-107,7% do PIB), o que traduz uma variação positiva de 1,7 pontos percentuais em relação ao final de 2015.

"Os ativos líquidos de Portugal face ao exterior aumentaram 1,4 mil milhões de euros, principalmente pelo contributo das variações de preço", refere a instituição.

Em particular, o BdP destaca "o efeito combinado da valorização da cotação do ouro, detido pelo banco central, e da desvalorização das obrigações do Tesouro emitidas pelas administrações públicas, detidas por não residentes".

As variações cambiais, por sua vez, foram negativas em 939 milhões de euros e resultaram essencialmente da depreciação do dólar.

"O contributo das transações foi marginal e negativo para a variação da PII nos três primeiros meses do ano, por comparação com o final de 2015", acrescenta.

Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27