sicnot

Perfil

Economia

Credores reclamam mais de sete mil milhões de euros a empresas do GES

O valor reclamado pelos credores às empresas Espírito Santo International e Rio Forte, do Grupo Espírito Santo (GES), era de 7,3 mil milhões de euros no final de abril, segundo o relatório dos curadores das insolvências destas sociedades.

O objetivo das audições é permitir aos antigos administradores, entre eles Ricardo Salgado e Morais Pires, que expliquem o grau de responsabilidade que tinham antes da revelação do buraco nas contas do BES, a 30 de julho, e da resolução logo a seguir. (Arquivo)

O objetivo das audições é permitir aos antigos administradores, entre eles Ricardo Salgado e Morais Pires, que expliquem o grau de responsabilidade que tinham antes da revelação do buraco nas contas do BES, a 30 de julho, e da resolução logo a seguir. (Arquivo)

Francisco Seco / AP

De acordo com o documento público, datado de 18 de maio, até 30 de abril de 2016 foram apresentadas 1.100 declarações a reclamar créditos da Espírito Santo International, no montante total de 4,3 milhões de euros.

No caso da Rio Forte, o valor reclamado até final do mês passado é de 3 milhões de euros, correspondente a 1.300 declarações apresentadas.

No total, são reclamados 7,3 milhões de euros e o valor ainda poderá aumentar, uma vez que os credores ainda podem apresentar declarações até outubro.

Lusa

  • Revelada transferência através do saco azul do GES para uma conta de Zeinal Bava

    Panama Papers

    Na investigação jornalística dos Panama Papers há uma transferência através do chamado saco azul do GES para uma conta de Zeinal Bava. O jornal Expresso revela, este sábado, que pela Espírito Santo Entreprises passaram 18 milhões e meio de euros para uma conta que o ex-presidente executivo da PT tinha no estrangeiro. Bava confirmou ao Expresso a operação bancária, efetuada em 2012, mas disse que o dinheiro se destinava a comprar ações da PT.

  • Saco azul do GES serviu para efetuar pagamentos ocultos durante 20 anos
    3:00

    Panama Papers

    O Jornal Expresso, que investiga o caso "Panama Papers", noticia hoje que o saco azul do Grupo Espírito Santo serviu para efetuar pagamentos ocultos durante mais de 20 anos. O dinheiro estava num paraíso fiscal e serviu mais de 100 pessoas. Os nomes não são conhecidos, mas o Expresso avança que a lista está na posse do Ministério Público e que inclui vários políticos.

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.