sicnot

Perfil

Economia

António Costa diz que ainda não há "decisão final" sobre recapitalização da Caixa

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que ainda não existe "decisão final" sobre uma eventual injeção de quatro mil milhões de euros na Caixa Geral de Depósitos (CGD), remetendo qualquer comentário para a conclusão do processo.

"Não, o que o Expresso diz é que há um programa de reestruturação que está a ser preparado pelo conselho de administração da CGD que está a ser constituído e que está a ser discutido com o Governo. Quando houver uma decisão final sobre essa matéria, trataremos", afirmou aos jornalistas, em Santo Tirso, distrito do Porto, à margem da inauguração de dois museus da cidade.

O semanário Expresso noticia hoje que o Governo aceita injetar quatro mil milhões de euros na CGD.

De acordo com o jornal, António Domingues colocou como condição para aceitar a liderança da CGD a recapitalização do banco num montante que pode ir até aos quatro mil milhões e que António Costa já teria dito que sim.

O reforço de capital da CGD neste montante que está em cima da mesa supera as necessidades reais do banco no imediato, afirma ainda o Expresso.

Lusa

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • Incêndio dominado em Gondomar
    4:25

    País

    Está dominado o incêndio que esta manhã obrigou à evacuação da Escola Secundária de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A repórter Susana Bastos esteve no local.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55
  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    Luís Montenegro garante que nunca será candidato à presidência do PSD contra o Passos Coelho. Convidado da Quadratura do Círculo, na SIC Notícias, o líder da bancada dos sociais-democratas acha mesmo que é um exagero dizer-se que Pedro Passos Coelho está politicamente morto.