sicnot

Perfil

Economia

Presidente da IGCP acha "pouco provável" agências de rating alterarem posição de Portugal

A presidente da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) considera pouco provável que as agências de rating alterem este ano a sua posição relativamente a Portugal.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

REUTERS

Na entrevista à Antena 1/Económico, transmitida na Antena 1, Cristina Casalinho afirma que, nas presentes circunstâncias, é "relativamente complexo" e "pouco provável" uma mudança, ainda em 2016, da posição que as agências de rating têm sobre Portugal.

Apesar de reconhecer que há sinais de uma trajetória descendente da dívida pública portuguesa, Cristina Casalinho considera que "as agências de rating acham que não há um historial suficientemente prolongado que lhes permita terem decisões sólidas".

"Normalmente, antes de uma melhoria de rating há uma melhoria do Outlook. A perspetiva melhora e depois é materializada mais à frente com um aumento da avaliação. O que verificamos é que todas as agências de rating hoje em dia têm Portugal com um outlook estável", disse.

Na entrevista, Cristina Casalinho considera que, para já, em Portugal não é possível emitir dívida a 50 anos, como fez a Espanha, mas não coloca totalmente de parte essa possibilidade no futuro.

Sobre a alienação do Novo Banco, afirma que uma boa venda seria aquela que fosse executada com o máximo de reembolso possível do empréstimo efetuado pelo Estado ao Fundo de Resolução.

Tal permitira que a execução dos pagamentos antecipados ao Fundo Monetário Internacional (FMI) se concretizasse. Se assim não for, a meta prevista de 3,3 mil milhões pode ficar comprometida, afirmou.

Lusa

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual em que aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.