sicnot

Perfil

Economia

Dona do OLX contrata 40 trabalhadores para novos projetos internacionais

A dona da OLX vai contratar até agosto 40 novos trabalhadores em Portugal, num investimento superior a um milhão de euros este ano, para replicar em mercados internacionais os conceitos daquele 'site' e do Standvirtual e Imovirtual.

A Naspers, um grupo internacional na área de serviços de Internet e comércio eletrónico, é a detentora da portuguesa FixeAds, que por sua vez detém os 'sites' de classificados OLX (bens no geral), Standvirtual (veículos) e Imovirtual (imobiliário), vai recrutar, até agosto, mais 40 profissionais para o centro tecnológico de Lisboa.

A equipa portuguesa já tem cerca de 170 colaboradores a trabalhar nos 'sites' portugueses, mas também na construção e desenvolvimento de toda a área de classificados que o grupo detém a nível mundial, nomeadamente na Índia e na Indonésia.

Para os dois países, tidos como "mercados de referência" para a Naspers, foram desenvolvidos, em Lisboa, projetos para aplicações de classificados 'online', 'web' e 'mobile', nos segmentos de imobiliário e automóvel (à semelhança do Imovirtual e do Standvirtual).

"O grupo quer continuar a expandir as marcas para outros mercados, por todo o mundo. Da América Latina, Médio Oriente, própria Europa, são mercados significativos e com volume", disse à agência Lusa o gestor global das operações de Recursos Humanos da OLX, João Silva.

A Naspers quer "replicar o sucesso que os engenheiros portugueses tiveram em Portugal", sendo que "dentro de todos os países do grupo (130) foi o que se destacou para lançar estas marcas".

A ideia é lançar os projetos consecutivamente até ao final do ano e os novos trabalhadores vão ser responsáveis não só pelo lançamento de 'sites' semelhantes ao OLX, ao Standvirtual e ao Imovirtual nos novos mercados internacionais, mas também pelo acompanhamento tecnológico e manutenção. A atividade comercial, 'marketing' e apoio aos utilizadores vai ficar a cargo de equipas locais.

O diretor de tecnologia da Naspers, Miguel Mascarenhas, diz que, "uma vez analisada a performance desta equipa nos primeiros seis meses, existe suporte do grupo para expandir as soluções criadas a partir de Portugal para outros mercados estratégicos".

O mesmo responsável afirma ainda que "a decisão de instalar em Portugal este 'tech hub' [polo tecnológico] foi uma aposta vencedora, uma vez que permitiu, num curto espaço de tempo, posicionar Portugal como o principal polo de tecnologia avançada do universo de classificados do Grupo Naspers".

"E não vamos ficar por aqui: o objetivo é assegurar o crescimento futuro de todos os 'sites' mundiais do OLX e de outras marcas do grupo", assegurou.

SP // CSJ

Lusa/fim

NewsSubjects:- Economia, Negócios e Finanças - Trabalho - Tecnologias de Informação - Informação sobre empresas - Tecnologia (geral) - Negócios (geral) - Salários e pensões - empresas

20160523T090000

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".