sicnot

Perfil

Economia

Eurogrupo deverá fechar hoje acordo para desembolso de ajuda à Grécia

Os ministros das Finanças da zona euro vão discutir hoje, em Bruxelas, a primeira avaliação do terceiro programa de assistência à Grécia, podendo dar finalmente "luz verde" ao desembolso de uma nova tranche do empréstimo.

Reuters


A reunião do Eurogrupo, na qual Portugal estará representado pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, tem lugar dois dias após o parlamento grego ter aprovado - no domingo - medidas de austeridade exigidas pelos credores para a concessão de uma nova parcela do terceiro programa de resgate ao país, negociado em 2015.

O projeto aprovado pela coligação governamental liderada pelo Syriza prevê um mecanismo de correção automática em caso de derrapagem orçamental e medidas suplementares para acelerar as privatizações e aumentar os impostos indiretos, incluindo o IVA, com o Estado a pretender recolher 1.800 milhões de euros por ano.

O primeiro-ministro Alexis Tsipras comentou na ocasião que "os parceiros europeus recebem a mensagem de que a Grécia respeita os seus compromissos, e agora eles devem demonstrar que respeitam os seus", numa alusão às eventuais negociações sobre o alívio da dívida grega.

Já na segunda-feira, tanto o comissário dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, como o governo alemão, através do ministério das Finanças, manifestaram-se otimistas quanto a um acordo na reunião de hoje em Bruxelas, depois do pacote de medidas aprovado pela Grécia.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38