sicnot

Perfil

Economia

PCP e BE admitem viabilizar projeto de lei do PS sobre as 35 horas de trabalho

PCP e BE admitem viabilizar projeto de lei do PS sobre as 35 horas de trabalho

Ainda não há entendimento entre os partidos de esquerda para a Lei das 35 horas de trabalho na função pública. Bloco de Esquerda e o Partido Comunista já deixaram entender que viabilizam o Projeto de Lei do PS, mesmo sem acolher todas as exigências feitas.O Presidente da República continua sem revelar o que pensa sobre o assunto.

  • Lei das 35 horas pode não entrar em vigor a 1 de julho
    1:51

    Economia

    A lei das 35 horas corre o risco de não entrar em vigor a 1 de julho, como prometeu o primeiro-ministro. No Parlamento, PS, Bloco de Esquerda e PCP ainda não chegaram a um consenso e a votação já foi adiada uma semana. Enquanto isso, o Presidente da República ainda não decidiu se vai promulgar, vetar ou enviar a medida para o Tribunal Constitucional.

  • "Esta medida não faz nenhum sentido"
    3:18

    Miguel Sousa Tavares

    A lei das 35 horas de trabalho na função pública corre o risco de não entrar em vigor a 1 de julho, tal como prometeu o primeiro-ministro. No parlamento ainda não há consenso e a votação até já foi adiada uma semana. Miguel Sousa Tavares diz que a medida não faz sentido e que vai ter um grande impacto externamente e internamente.

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17