sicnot

Perfil

Economia

Aprovado pacote de 10.300 milhões de euros para Grécia

Aprovado pacote de 10.300 milhões de euros para Grécia

O Eurogrupo aprovou um pacote de 10300 milhões euros para a Grécia no âmbito do terceiro resgate financeiro ao país. Quanto às possíveis sanções a Portugal, sugeridas pelo Presidente do Eurogrupo, o ministro das Finanças diz não estar preocupado. Mário Centeno garante que o assunto não foi abordado na reunião que terminou já de madrugada.

  • Centeno apela à confiança na execução orçamental do Governo
    0:59

    Economia

    O ministro das Finanças diz que o que tema das sanções não foi abordado no Eurogrupo, mas que é preciso ter confiança na execução orçamental do Governo. Mário Centeno reagia às declarações do Presidente do Eurogrupo, que ontem disse que as sanções eram uma possibilidade para Portugal e Espanha, e que evitá-las dependia de manter o Orçamento na trajetória certa.

  • Eurogrupo avalia resgate da Grécia e nova tranche de ajuda
    1:33

    Economia

    Os ministros das Finanças reúnem-se hoje em Bruxelas. Em cima da mesa está a conclusão da primeira avaliação do resgate grego e o desembolso de uma nova tranche que poderá chegar a 11 mil milhões de euros. A decisão, no entanto, não está garantida. É preciso que os países do euros e o FMI se entendam sobre um alívio da dívida grega.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.