sicnot

Perfil

Economia

Estivadores reúnem-se esta manhã em plenário no Porto de Lisboa

Estivadores reúnem-se esta manhã em plenário no Porto de Lisboa

O corpo de Intervenção da PSP está, pelo segundo dia, a garantir a segurança no Porto de Lisboa, na zona de Santa Apolónia, onde os estivadores se reúnem esta manhã em plenário. A greve no Porto de Lisboa está a causar um prejuízo diário de 100 mil euros e a nova administração tem como mandato retomar a sua viabilidade com o que estiver ao seu alcance, considerou a ministra do Mar.

  • "Não está nas nossas mãos eliminar esta greve"
    3:10

    País

    Vítor Fraga diz que não está nas mãos do Governo Regional dos Açores terminar com a greve dos estivadores e que a situação tem vindo a ser acompanhada para que seja evitada a ruptura dos bens essenciais. O secretário Regional do Turismo e Transportes dos Açores referiu, na Edição da Noite da SIC Notícias, que decretar a requisição civil caberá sempre ao Governo da República e apenas havendo o incumprimento dos serviços mínimos que, neste caso, diz estarem a ser cumpridos.

  • Sindicato dos estivadores diz que proposta de despedimento coletivo visa criar "terror psicológico"
    3:24

    Economia

    Depois de vários períodos de greve ao longo de quatro anos, os estivadores do Porto de Lisboa continuam em luta. Desta vez, a greve vai prolongar-se até dia 16 de junho. António Mariano, do sindicato dos estivadores, diz que os trabalhadores estão dispostos a negociar mas que recusam o despedimento coletivo. Depois de recusarem esta proposta, os trabalhadores enviaram uma contra-proposta, que exigia o pagamento dos salários em atraso, que acabou por não ter qualquer resposta por parte dos empregadores. António Mariano considera que os despedimentos coletivos e o uso das forças de segurança visam criar "terror psicológico".

  • Greve dos estivadores causa prejuízos em todos os setores das ilhas
    2:19

    Economia

    Nas regiões autónomas, a greve dos estivadores está a causar prejuízos em todos os setores. A Força Aérea já respondeu a um pedido de ajuda do Governo da Madeira e transportou medicamentos para a ilha. Há produtos frescos a chegar às ilhas perto do fim da validade. Na construção civil, há obras paradas por falta de material. A ministra do Mar reforça que, apesar dos esforços, os serviços mínimos não servem para dar resposta a greves prolongadas.

  • Momentos de tensão marcam protestos dos estivadores do Porto de Lisboa
    3:05

    Economia

    Dezenas de estivadores concentraram-se, ao longo do dia, na entrada do Porto de Lisboa. Houve alguns momentos de tensão, sobretudo quando não conseguiram impedir a entrada de alguns camiões. O Governo diz compreender as razões para o despedimento coletivo,uma posição que choca com as dos partidos que o apoiam no parlamento. BE e PCP dão razão aos estivadores e pressionam o governo a intervir.

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • "Toda a gente merece direitos iguais"
    0:14

    Mundo

    A polícia de Istambul montou cordões de segurança para dispersar a multidão que se juntou para a Marcha do Orgulho Gay, este domingo. O Governo proibiu a marcha por considerar que representa um risco para a segurança pública. Uma das ativistas fala numa decisão sem sentido, e diz que todas as pessoas merecem direitos iguais.

  • "Ela veio lá de fora e começou a atropelar as pessoas"
    0:43

    Mundo

    O atropelamento deste sábado em Newcastle, no Reino Unido, provocou pelo menos seis feridos. No local, as pessoas relatam momentos de pânico. Uma testemunha afirma que a condutora nunca perdeu o controlo do carro e que dirigiu intencionalmente contra a multidão.