sicnot

Perfil

Economia

Banco Popular aumenta capital em 2.500 M€ para fortalecer balanço

O Banco Popular vai fazer um aumento de capital no valor de 2.500 milhões de euros com o objetivo de fortalecer o balanço, melhorar os rácios de rentabilidade, os níveis de solvência e a qualidade dos ativos.

© Rafael Marchante / Reuters

O banco explica, em comunicado divulgado hoje no regulador do mercado espanhol, a CNMV, que com os recursos obtidos nesta operação, assegurada pela UBS e Goldman Sachs, pretende reforçar o modelo de negócio comercial e particulares.

Esta injeção de capital porá em circulação cerca de 2.000 milhões de novas ações a um preço de 1,25 euros (0,50 euros de valor nominal e 0,75 euros de prémio de emissão), segundo a Efe.

"A transação reforçará (...) a rentabilidade do negócio principal do banco e reduzirá o custo do risco esperado para os próximos anos", afirma o Banco Popular, que também espera com esta operação acelerar a estratégia de redução do negócio imobiliário.

Em 11 de abril, o Banco Popular espanhol anunciou ter aprovado, a dia 04 do mês passado, um aumento de capital de 37 milhões de euros para um total de 513 milhões de euros no Banco Popular Portugal.

"O aumento de capital tem por base a emissão de 37.000.000 de novas ações, ordinárias, cada uma com o valor nominal de 1,00 euro a subscrever e realizar integralmente pelo acionista único Banco Popular Espanhol, mediante a entrega de 2.495.631 ações com o valor nominal global de 5,00 euros cada detidas pelo Banco Popular Espanhol, no capital social da sociedade Popular Factoring", lia-se no comunicado divulgado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"Com esta operação, a participação qualificada na sociedade Popular Factoring na titularidade do Banco Popular Espanhol será integralmente transmitida para o Banco Popular Portugal", assinalou o banco.

Refira-se que o resultado líquido do Banco Popular Portugal cresceu 484,5% para 13,3 milhões de euros em 2015, um valor que compara com o lucro de 2,3 milhões de euros em 2014.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.