sicnot

Perfil

Economia

Crise económica associada a 260 mil mortes por cancro

A crise económica está associada a mais 260 mil mortes por cancro, nos países da OCDE. O número é divulgado num estudo da revista The Lancet.

(SIC/ Arquivo)

Os investigadores analisaram os efeitos da crise financeira mundial de 2008-2010, no setor da saúde.

Concluíram que o desemprego e a redução da despesa pública na saúde estão relacionados com o aumento do número de mortes por cancro porque comprometem os diagnósticos precoces e os tratamentos.

O estudo sugere que esta situação verifica-se sobretudo nos cancros considerados tratáveis, como o da mama, próstata ou colorretal.

  • Junta de Santa Maria Maior no centro de Lisboa contra despejos de idosos
    3:02
  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.