sicnot

Perfil

Economia

Greve dos controladores aéreos cancela 105 voos no aeroporto de Paris-Orly

A greve dos controladores aéreos em França, organizada hoje no quadro dos protestos contra a reforma laboral, levou ao cancelamento de 105 voos no aeroporto parisiense de Orly, informou a Direção Geral da Aviação Civil (DGAC).

© Jacky Naegelen / Reuters

Um porta-voz da DGAC indicou à agência noticiosa espanhola Efe que os cancelamentos estiveram em conformidade com as indicações dadas às companhias aéreas para reduzirem em 15% os voos previstos para Orly.

Nos restantes aeroportos franceses não houve necessidade de suprimir voos, mas durante a manhã registaram-se atrasos, em particular em Nantes e Rennes.

Durante a tarde, houve apenas "atrasos pontuais" em Orly, indicou o porta-voz, acrescentando que a situação deverá voltar ao normal na sexta-feira.

Para a próxima semana, todos os sindicatos dos controladores aéreos apresentaram pré-avisos de greve para os dias 03, 04 e 05 de junho, mas com reivindicações relacionadas com as negociações do seu acordo coletivo e contra a redução de efetivos.

Lusa

  • Trabalharia horas extra sem ser pago? E feriados?  
    1:25
  • UE dá "luz verde" para início das negociações do Brexit

    Brexit

    Os 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram esta segunda-feira a autorização para o início das negociações do Brexit, indicando formalmente o final de junho para início do processo de saída do Reino Unido, que se prolongará por dois anos.

  • Donald Trump em Israel
    2:14
  • Regras secretas do Facebook permitem divulgação de imagens violentas

    Mundo

    A política interna da empresa Facebook defende que nem todos os vídeos violentos publicados na rede social devem ser apagados porque "não quer censurar ou punir pessoas em perigo". A revelação é feita pelo jornal britânico The Guardian após uma investigação em que conseguiu ter acesso ao manual interno.