sicnot

Perfil

Economia

Sindicalistas franceses prometem não desmobilizar até o governo não alterar projeto de lei

Sindicalistas franceses prometem não desmobilizar até o governo não alterar projeto de lei

Entre 20 a 30% das gasolineiras de França estão encerradas. Trata-se da oitava jornada de mobilização convocada pelos sindicatos desde março com o objetivo de exigir a retirada do projeto de lei, que os sindicalistas dizem colocar em causa os direitos dos trabalhadores.

  • Valls recusa retirar reforma laboral mas admite alterações
    0:51

    Mundo

    O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, recusou hoje retirar a reforma laboral apesar dos protestos dos trabalhadores, contudo admite a possibilidade de introduzir alterações pontuais mas sem modificar a filosofia geral do texto. Numa entrevista televisiva, citada pelas agências de notícias internacionais, Valls considerou irresponsável a ação da Confederação Geral do Trabalho, que lidera o movimento contra o projeto de lei.

  • PM francês admite alterações à lei do trabalho ao 8º dia de protestos
    0:33

    Economia

    No oitavo dia de protestos contra as alterações à lei do trabalho em França, o primeiro- ministro Manuel Valls admitiu a possibilidade de serem feitas alterações à polémica lei. Aprovada no início do mês, a legislação tem gerado grande contestação. Por todo o país há bloqueios de autoestradas. Há refinarias e centrais nucleares fechadas e centenas de voos foram cancelados. Os sindicatos querem que o Governo volte atrás, alegando que o diploma retira direitos e salários, aumentando a precariedade.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.