sicnot

Perfil

Economia

Sindicalistas franceses prometem não desmobilizar até o governo não alterar projeto de lei

Sindicalistas franceses prometem não desmobilizar até o governo não alterar projeto de lei

Entre 20 a 30% das gasolineiras de França estão encerradas. Trata-se da oitava jornada de mobilização convocada pelos sindicatos desde março com o objetivo de exigir a retirada do projeto de lei, que os sindicalistas dizem colocar em causa os direitos dos trabalhadores.

  • Valls recusa retirar reforma laboral mas admite alterações
    0:51

    Mundo

    O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, recusou hoje retirar a reforma laboral apesar dos protestos dos trabalhadores, contudo admite a possibilidade de introduzir alterações pontuais mas sem modificar a filosofia geral do texto. Numa entrevista televisiva, citada pelas agências de notícias internacionais, Valls considerou irresponsável a ação da Confederação Geral do Trabalho, que lidera o movimento contra o projeto de lei.

  • PM francês admite alterações à lei do trabalho ao 8º dia de protestos
    0:33

    Economia

    No oitavo dia de protestos contra as alterações à lei do trabalho em França, o primeiro- ministro Manuel Valls admitiu a possibilidade de serem feitas alterações à polémica lei. Aprovada no início do mês, a legislação tem gerado grande contestação. Por todo o país há bloqueios de autoestradas. Há refinarias e centrais nucleares fechadas e centenas de voos foram cancelados. Os sindicatos querem que o Governo volte atrás, alegando que o diploma retira direitos e salários, aumentando a precariedade.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.