sicnot

Perfil

Economia

Governo e sindicato dos estivadores chegam a acordo

Os estivadores e os operadores do porto de Lisboa chegaram hoje a um acordo que permitirá a suspensão imediata da greve em curso, após a confirmação em plenário pelos trabalhadores no prazo de máximo de 24 horas, de acordo com o documento assinado.

STEVEN GOVERNO

Após uma reunião de várias horas no Ministério do Mar, em Lisboa, os estivadores e os operadores portuários chegaram ainda a um compromisso para que, no prazo de 15 dias, seja assinado "um novo contrato coletivo de trabalho" que traduza os termos do acordo de hoje.

Do acordo assinado, foi emitido um comunicado a explicar que o Porto de Lisboa não poderá admitir mais trabalhadores enquanto a situação dos atuais não for resolvida, o que deverá acontecer no prazo máximo de dois anos.

No acordo consta também a readmissão de 23 trabalhadores do quadro no prazo de seis meses.

No que respeita à progressão na carreira, vai ser criado um regime misto de progressões automáticas, por mérito e com base em critérios objectivos. Vão passar a haver 10 níveis numa tabela remuneratória que vai ser revista.

Com Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.