sicnot

Perfil

Economia

Taxas Euribor caem em todos os prazos

​As taxas Euribor caíram hoje a três, seis, nove e a doze meses, em relação a quinta-feira.

As taxas Euribor continuam em queda / Reuters

As taxas Euribor continuam em queda / Reuters

© Kai Pfaffenbach / Reuters

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril de 2015, fixou-se hoje em -0,260%, igualando o mínimo de sempre verificado a 10 de maio.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno negativo pela primeira vez a 6 de novembro passado, desceu hoje para -0,149%, fixando-se no nível mais baixo de sempre.

No prazo de nove meses, a Euribor recuou hoje para -0,082%, menos 0,002 pontos do que na quinta-feira, e contra o atual mínimo de -0,084% registado em 10 de março.

Depois de ter sido fixada em valores negativos entre 27 de novembro e 3 de dezembro, a Euribor a nove meses voltou para valores abaixo de zero a 7 de janeiro passado, nos quais se tem mantido desde então.

Também no prazo de 12 meses, a Euribor, que desceu para valores abaixo de zero pela primeira vez a 05 de fevereiro passado, também recuou hoje 0,001 pontos, ao ser fixada em -0,015%, depois de em 4 de março ter descido para -0,028%, atual mínimo de sempre.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.


Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13