sicnot

Perfil

Economia

Carlos Costa considera que um "banco mau" será a solução para o crédito malparado

O Governador do Banco de Portugal considera que deve ser criado um veículo que "absorva o crédito malparado, uma espécie de "banco mau", tal como defende o primeiro-ministro.

Lusa

Num artigo de opinião para o Jornal de Negócios, o governador do Banco de Portugal apresenta vários argumentos a favor da criação desse banco mau. Carlos Costa diz que os bancos nacionais só serão rentáveis se livrarem dos activos não produtivos.


Para o Governador, não havendo investidores privados, é necessário um esquema público nacional e europeu que garanta as necessidades de capital dos bancos, devendo ser também negociado com a Comissão Europeia uma isenção semelhante à da crise do subprime em 2008.

  • "É abusivo falar de fuga ao fisco"
    4:10

    Economia

    Dez mil milhões de euros é o valor de que se fala das transferências para contas offshore, que terão escapado à Autoridade Tributária. O número impressiona, mas é preciso notar que este dinheiro é capital que sai do país e o capital não está sujeito ao pagamento de imposto só porque sai do país. O fiscalista Tiago Caiado Guerreiro esteve no Jornal da Noite para dar mais explicações sobre o caso.