sicnot

Perfil

Economia

Gasóleo e gasolina subiram quase dois cêntimos

Os combustíveis voltaram hoje a subir quase dois cêntimos no gasóleo e na gasolina. Desde o início do ano, já subiram mais de 11 cêntimos por litro.

EPA

  • Combustíveis voltam a subir na próxima semana

    Economia

    O preço dos combustíveis vai voltar a subir já na próxima semana. O aumento está previsto tanto nas principais gasolineiras como nas chamadas marcas brancas. Nas bombas junto aos hipermercados o aumento ronda o cêntimo por litro, com ligeira acentuação na gasolina. Já nas principais gasolineiras ambos os combustiveis devem subir até cêntimo e meio por litro. Segundo a Direção Geral de Energia e Geologia, o preço médio da gasolina e do gasóelo em Portugal são os mais caros da Europa e já subiram, desde o início do ano, 10 cêntimos no caso do gasóleo e nove cêntimos no caso da gasolina.

  • Preço dos combustíveis sobe na próxima semana

    Economia

    O preço dos combustíveis vai subir na próxima semana. De acordo com o Jornal de Negócios, o aumento deverá ser de dois cêntimos por litro na gasolina. Já o gasóleo poderá subir até três cêntimos por litro. A subida deve-se ao agravamento das cotações nos mercados internacionais, numa altura em que o barril de petróleo está perto dos 50 dólares.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.