sicnot

Perfil

Economia

Islândia quer restringir alugueres no Airbnb

A Islândia quer restringir os arrendamentos via Airbnb, numa tentativa de equilibrar a explosão turística dos últimos meses com a proteção da paisagem e do estilo de vida tradicional.

reuters

A proposta de lei, que poderá ser aprovada esta semana, prevê a restrição do número de dias que os residentes podem alugar os seus imóveis via Airbnb, para 90 dias por ano.

A medida chega numa altura em que o país assiste a uma explosão turística. Cerca de 1,6 milhões de visitantes são esperados este ano, um aumento de cerca de 30% em relação ao ano passado.

Além da atração dos fiordes e glaciares, há um outro chamariz que tem atraído os turistas - as localizações das filmagens da série "Guerra dos Tronos".

O turismo tem sido a salvação da ilha, onde a economia - assente sobretudo na pesca - sofreu um grande revés com a recessão global de 2008.

Com o crescimento do turismo, são muitos os islandeses que recorrem ao Airbnb para amealhar, sobretudo os residentes da capital, Reykjavik.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC