sicnot

Perfil

Economia

Reformados reivindicam aumento de pensões em ações pelo país

A Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos (MURPI) realiza, na terça-feira, vinte e duas iniciativas em todo o país, no âmbito de uma campanha nacional em defesa do aumento das reformas e pensões.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

MIGUEL A. LOPES

"Pelo Aumento Intercalar das Pensões e Reformas em 2016, é justo, é necessário" é o mote da campanha, que reivindica este aumento para repor o poder de compra "perdido nos últimos anos".

"O MURPI lança esta campanha nacional por corresponder à aspiração de milhares de reformados, pensionistas e idosos que foram brutalmente fustigados pelas políticas do Governo PSD/CDS que, nos últimos quatro anos, não só manteve o valor das pensões abaixo do limiar da pobreza, como procedeu a cortes e congelamento nos valores de todas as restantes pensões", explica a confederação em comunicado.

Para a confederação, a reposição do poder de compra "impõe um aumento intercalar das pensões em 2016, como medida da mais elementar justiça social, inseparável da valorização de todas as pensões, como instrumento de combate à pobreza e pela melhoria das condições de vida de todos os reformados".

Para as 14:30 está marcada uma concentração em frente ao Centro Nacional de Pensões em Entrecampos, Lisboa, seguindo depois em desfile até ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Além desta iniciativa, realizam-se outras ações em Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Covilhã, Santarém, Setúbal, Évora, Sines e Faro

O MURPI adianta que a campanha decorrerá nos próximos meses, "dando força e confiança na justeza da luta dos reformados pela defesa dos seus direitos", nomeadamente, o direito à saúde, à habitação, à mobilidade, à cultura e ao lazer, entre outros.

Lusa

  • Sessão solene no Parlamento e desfile popular nas celebrações do 25 de Abril

    País

    Os 43 anos da Revolução dos Cravos são hoje comemorados com a sessão solene no Parlamento e o tradicional desfile popular, tendo o Presidente da República escolhido o 25 de Abril para condecorar, a título póstumo, Francisco Sá Carneiro. A SIC Notícias acompanha esta manhã a sessão solene na Assembleia da República. Veja aqui em direto.

  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.