sicnot

Perfil

Economia

Reformados reivindicam aumento de pensões em ações pelo país

A Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos (MURPI) realiza, na terça-feira, vinte e duas iniciativas em todo o país, no âmbito de uma campanha nacional em defesa do aumento das reformas e pensões.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

MIGUEL A. LOPES

"Pelo Aumento Intercalar das Pensões e Reformas em 2016, é justo, é necessário" é o mote da campanha, que reivindica este aumento para repor o poder de compra "perdido nos últimos anos".

"O MURPI lança esta campanha nacional por corresponder à aspiração de milhares de reformados, pensionistas e idosos que foram brutalmente fustigados pelas políticas do Governo PSD/CDS que, nos últimos quatro anos, não só manteve o valor das pensões abaixo do limiar da pobreza, como procedeu a cortes e congelamento nos valores de todas as restantes pensões", explica a confederação em comunicado.

Para a confederação, a reposição do poder de compra "impõe um aumento intercalar das pensões em 2016, como medida da mais elementar justiça social, inseparável da valorização de todas as pensões, como instrumento de combate à pobreza e pela melhoria das condições de vida de todos os reformados".

Para as 14:30 está marcada uma concentração em frente ao Centro Nacional de Pensões em Entrecampos, Lisboa, seguindo depois em desfile até ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Além desta iniciativa, realizam-se outras ações em Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Covilhã, Santarém, Setúbal, Évora, Sines e Faro

O MURPI adianta que a campanha decorrerá nos próximos meses, "dando força e confiança na justeza da luta dos reformados pela defesa dos seus direitos", nomeadamente, o direito à saúde, à habitação, à mobilidade, à cultura e ao lazer, entre outros.

Lusa

  • Trump diz que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta quinta-feira que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba, após a eleição de Miguel Díaz-Canel como sucessor de Raúl Castro na presidência do país.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC