sicnot

Perfil

Economia

CDS diz que a economia "está a andar para trás"

O CDS-PP defendeu hoje que os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatísticas demonstram que "a economia está a andar para trás", com o investimento a diminuir pela primeira vez desde 2013 e as exportações a "desacelerar fortemente".

Cecília Meireles, deputada do CDS-PP

Cecília Meireles, deputada do CDS-PP

TIAGO PETINGA/ LUSA

"Os dados não são bons, demonstram que, com este Governo, a economia está a andar para trás. Nós estamos cada vez a crescer menos, quando o Governo tinha prometido o contrário", afirmou a deputada e vice-presidente do CDS-PP Cecília Meireles.

Em declarações aos jornalistas no parlamento, Cecília Meireles referiu que o INE mostra que a economia cresceu 0,9%, ao passo que "o Governo no Orçamento comprometeu-se com o dobro, com 1,8%, sendo que durante a campanha eleitoral até falava em 2,4%".

"O investimento, que é uma variável muito importante e a que mais tem a ver com o futuro e com a criação de emprego, pela primeira vez desde 2013, neste trimestre está a diminuir. Isso é extraordinariamente preocupante", argumentou.

Cecília Meireles apontou que "as exportações, que são também o motor da economia e são demonstrativas do crescimento saudável da economia, estão a desacelerar fortemente".

"No primeiro trimestre de 2015 tínhamos um crescimento das exportações na casa dos 7% agora estamos com um crescimento na casa dos 2%", disse, insistindo na ideia de que a economia "está a andar para trás".

O INE reviu hoje em alta o crescimento da economia no primeiro trimestre, com o Produto Interno Bruto (PIB) a crescer 0,9% em termos homólogos e 0,2% face ao trimestre anterior.

Apesar da revisão em alta, os números avançados significam que o crescimento da economia abrandou em termos homólogos, uma vez que entre janeiro e março do ano passado o PIB tinha aumentado 1,7%, estabilizando face aos últimos três meses de 2015, quando o PIB avançou igualmente 0,2%.

Segundo o INE, em termos homólogos, o PIB registou um aumento de 0,9% em volume entre janeiro e março (variação de 1,3% no trimestre anterior).

A procura externa líquida registou um contributo negativo de 1,1 pontos percentuais para a variação homóloga do PIB, igual ao observado no quarto trimestre de 2015, verificando-se uma desaceleração das exportações de bens e serviços e das importações de bens e serviços.

O investimento, por sua vez, registou uma redução de 0,6%, após o crescimento homólogo de 4,4% no trimestre anterior, refletindo a diminuição da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), que passou de um crescimento homólogo de 1,0% no trimestre anterior para uma queda de 2,2%.

Lusa

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15