sicnot

Perfil

Economia

Apagões em França devido à greve das centrais nucleares

A partir de amanhã, todas as centrais nucleares de França vão interromper o funcionamento. Ao todo são 19 centrais.

© Regis Duvignau / Reuters

Alguns trabalhadores do setor já tinham feito greve na semana passada, mas desta vez os sindicatos anunciaram que a paralisação vai afetar a distribuição de eletricidade.

Os apagões no país começaram às 19:00 (20:00 em Lisboa).

O protesto faz parte da onde de greves e manifestações, que têm unido milhões de franceses contra a reforma da lei do trabalho.

  • Greve afeta ligações ferroviárias em França

    Mundo

    Cerca de 40% das viagens de comboio de alta velocidade em França e mais de metade das regionais estão canceladas. Desde ontem que os serviços ferroviários franceses estão em greve. Os comboios que servem o aeroporto Charles de Gaulle também vão ser afetados.

  • Greves em França estendem-se a vários setores
    1:24

    Economia

    As greves em França têm vindo a estender-se por vários setores com paralisações previstas para os transportes ferroviários e aéreos. Na Bélgica, os serviços públicos estão em greve contra as últimas medidas de austeridade.

  • Valls recusa retirar reforma laboral mas admite alterações
    0:51

    Mundo

    O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, recusou hoje retirar a reforma laboral apesar dos protestos dos trabalhadores, contudo admite a possibilidade de introduzir alterações pontuais mas sem modificar a filosofia geral do texto. Numa entrevista televisiva, citada pelas agências de notícias internacionais, Valls considerou irresponsável a ação da Confederação Geral do Trabalho, que lidera o movimento contra o projeto de lei.

  • Todos os distritos sob Aviso Amarelo devido ao frio

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou Portugal continental sob Aviso Amarelo na quarta e na quinta-feira. Os termómetros vão estar abaixo de zero em todo o território, à exceção dos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.