sicnot

Perfil

Economia

Jerónimo diz que realidade do país é mais preocupante que previsões da OCDE

Jerónimo diz que realidade do país é mais preocupante que previsões da OCDE

Jerónimo de Sousa diz que mais preocupante do que as previsões da OCDE é a realidade do país, que precisa de mais políticas de crescimento e investimento. No âmbito do Dia Mundial da Criança, o secretário-geral do PCP visitou a escola A Voz do Operário em Lisboa e disse que se não fosse a aposta do Governo na devolução dos salários, os dados seriam ainda piores.

  • OCDE mais pessimista para zona euro

    Economia

    A OCDE piorou as estimativas de crescimento económico da zona euro para 1,6% este ano e 1,7% no próximo, defendendo que os diferentes governos devem fazer mais para acelerar o PIB dos países da moeda única europeia.

  • Esquerda desvaloriza previsões da OCDE
    0:38

    Economia

    A OCDE reviu em baixa as suas previsões do crescimento do PIB para 1,2% este ano e 1,3% em 2017, advertindo que a política de devolução de rendimentos não terá efeitos duradouros na economia portuguesa. Piorou também a estimativa para o défice, esperando agora que atinja 2,9% este ano, e admite que o Governo português tenha de implementar novas medidas de contenção orçamental, especialmente caso a economia não acelere. O CDS salienta que a OCDE é mais uma instituição a contrariar as previsões do Governo. Os partidos que apoiam o executivo desvalorizam, embora o PCP mostre alguma preocupação com a situação do país.

  • OCDE agrava previsões para Portugal, Costa desvaloriza
    2:00

    Economia

    O primeiro-ministro desvaloriza os alertas da OCDE e diz que previsões são isso mesmo, apenas previsões. Esta manhã, a organização que junta as 35 melhores economias do mundo piorou as previsões para o crescimento da economia portuguesa e para a meta do défice, A OCDE admite mesmo que o Governo pode ter de aplicar mais austeridade, caso a economia não acelere.

  • Catalunha vs Espanha
    29:35
  • "O Brexit é um desafio, é um choque negativo para todas as economias"
    1:52