sicnot

Perfil

Economia

Missão do FMI inicia visita a Luanda para avaliar ajuda financeira

O Fundo Monetário Internacional (FMI) inicia hoje uma missão a Luanda para avaliar o montante da assistência financeira a Angola, na sequência do pedido de ajuda feito pelas autoridades angolanas.

© SIPHIWE SIBEKO / Reuters

A missão permanecerá até dia 14 em Angola, período em que manterá reuniões com vários membros do Governo angolano.

Segundo um comunicado enviado terça-feira à agência Lusa, o objetivo é "prosseguir com as discussões com as autoridades angolanas acerca do programa económico que será levado a cabo durante os próximos três anos".

"O grande propósito da missão é continuar as discussões sobre os principais componentes de um pacote de reformas que ajudaria a acelerar a diversificação da economia, salvaguardando a estabilidade macroeconómica e financeira", lê-se no comunicado.

O FMI ainda não definiu o montante para ajuda financeira a Angola que se inscreverá no âmbito do Programa de Financiamento Ampliado [Extended Fund Facility - EFF, na sigla em inglês].

O EFF é um instrumento financeiro de empréstimo com contrapartidas e metas monitorizadas regularmente direcionado a reformas estruturais voltadas para a diversificação da economia e reforço da balança de pagamentos.

Segundo o comunicado, mais detalhes sobre o montante da assistência financeira serão possíveis após o fim da missão.

O pedido de ajuda financeira foi feito durante os encontros de primavera do FMI e Banco Mundial, em abril, em Washington.

Lusa

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.