sicnot

Perfil

Economia

OPEP garante que mercado petrolífero se está a equilibrar

O secretário-geral da OPEP, o líbio Abdalá El Badri, assegurou hoje, antes da reunião ministerial da organização, que o mercado petrolífero se está a equilibrar e que os preços devem ser fixados pela oferta e pela procura.

© Sergei Karpukhin / Reuters

"O mercado começou a equilibrar-se por si só. É um processo que vai continuar até ao final do ano", declarou ainda El Badri, secretário cessante da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), citado pela Efe.

"Não temos um objetivo de preços, será o mercado a ditá-los", adiantou.

Um dos temas da agenda da reunião de hoje da OPEP em Viena é precisamente escolher, consensualmente, um sucessor para substituir El Badri no cargo.

A falta de consenso no seio do grupo - sobretudo entre a Arábia Saudita e o Irão - para nomear um sucessor originou a manutenção em funções do líbio em várias ocasiões nos últimos anos.

Os ministros da OPEP reúnem-se em Viena numa altura em que o preço do petróleo tem registado nas últimas semanas uma tendência para a alta, estando agora em torno dos 50 dólares.

Contudo, para alguns representantes, como o ministro da Energia do Qatar, Mohamed bin Saleh el Sada, 50 dólares por barril "não é um preço justo".

Também o ministro da Energia dos Emirados Árabes Unidos, Suhail Al Mazrouei, espera que a apreciação do petróleo continue nos próximos meses.

"O petróleo está a recuperar-se, mas ainda não é suficiente. Ainda precisamos que o petróleo se aprecie um pouco mais para que possamos sustentar os investimentos no setor petrolífero", assegurou.

Por outro lado, o novo ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Jalid al Falih, assegurou hoje que o seu país procura a estabilidade do mercado e não quer um 'choque' petrolífero que ponha em perigo a recuperação económica.

Na opinião de Al Falih, o mercado deve impôr os preços. "Acredito que os mercados devem impor os preços. Não acredito que haja quem quer que seja que possa fazê-lo. Os preços subiram demasiado e também baixaram demasiado e estiveram muito tempo num nível demasiado baixo", defendeu.

"Agora os preços estão em alta e acredito que atingirão um nível moderado para permitir o investimento", concluiu.

Também o ministro venezuelano, Eulogio del Pino, apoiou a "reivindicação do papel da OPEP" para defender um preço justo, que permita realizar os investimentos necessários para garantir o fornecimento energético.

Recentemente, os analistas da OPEP alertaram para que a queda do investimento devido aos preços baixos poderia pôr em perigo o futuro abastecimento devido a uma quebra da descoberta e explorações de novas jazidas.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.