sicnot

Perfil

Economia

Quebra de 80% na produção de cereja da Penajóia

Quebra de 80% na produção de cereja da Penajóia

As cerejas de Penajóia costumam ser as primeiras a entrar no mercado. No entanto, este ano a chuva atrasou o processo e dizimou cerca de 80% da produção. Os produtores andam agora na apanhada daquilo que resto, de modo a garantirem pelo menos a qualidade. O preço por quilograma ronda os cinco euros, quase o dobro em relação aos anos anteriores.

  • Filhoses de cereja fazem sucesso na Covilhã
    1:48

    País

    A cereja é fruto versátil e serve de base a várias iguarias. Na Covilhã, a novidade são as filhoses de cereja apreciadas não apenas no Natal, mas durante todo o ano. A iguaria é feita com base numa receita antiga que Teresa Simão inovou.

  • Feira da Cereja de Proença-a-Nova sem cereja
    1:35

    País

    Em Proença-a-Nova decorre este fim de semana a Feira da Cereja mas este ano sem uma única cereja para amostra. O mau tempo afetou a produção e atrasou a maturação do fruto. Ainda assim o certame conta com uma variedade de produtos feitos à base de cereja.

  • Folar de cereja e ouro é a novidade desta Páscoa no Fundão
    2:37

    Cultura

    No Fundão uma pastelaria apostou num novo produto para a Páscoa, um folar de cereja e ouro. Uma novidade com quatro camadas de recheio e com folhas em ouro comestíveis, feita com ovos-moles, fios de ovos e doce de cereja. O novo folar surgiu para valorizar o fruto típico da região e captar novos clientes.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.