sicnot

Perfil

Economia

Costa diz que semelhança com anterior Governo é alcançar défice menor que 3%

Costa diz que semelhança com anterior Governo é alcançar défice menor que 3%

António Costa defende que ter boas finanças públicas é uma norma de boa governação e não uma questão de esquerda ou de direita. Sobre as recentes declarações do Presidente da República, que disse que este Governo não era assim tão diferente do anterior, o primeiro-ministro diz que a semelhança está no objetivo final, que é alcançar um défice abaixo dos 3%.

  • Marcelo elogia apoio do PCP e BE ao Governo em entrevista ao Die Welt
    1:14

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa deu uma entrevista ao jornal alemão Die Welt na qual diz que o programa que o Governo está a implementar não fica muito longe daquilo que o governo de Passos Coelho fez. O Presidente da República dá ainda sinais de acreditar na estabilidade do Executivo de Costa e diz que PCP e Bloco de Esquerda têm sabido aceitar a realidade.

  • PR defende descentralização e diz que vai estar atento ao processo
    1:07

    País

    O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, avisou hoje que vai "estar atento" ao processo de descentralização e afirmou que a solução encontrada terá que ser estável, funcionar bem e respeitar a Constituição. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou também que há formas diferentes de descentralizar os serviços do Estado. O chefe de Estado participou hoje na abertura da Grande Conferência do Jornal de Notícias - "40 Anos do Poder Local Democrático -- Descentralização, Pedra Angular da Reforma do Estado", onde considerou que esta é a altura para se falar da descentralização, sendo que "o Estado português precisa" dessa reforma do Estado.

  • Execução orçamental não preocupa Marcelo
    2:39

    Economia

    O Presidente da República diz que a Alemanha só tem a ganhar com a estabilidade e o reforço da banca portuguesa e adianta que o sistema financeiro será um dos temas da conversa que vai ter esta segunda-feira com a chanceler alemã. Marcelo chegou este domingo a Berlim para uma visita de dois dias. À margem de um encontro com a comunidade portuguesa, e confrontado com a notícia do jornal Expresso que dava conta de dúvidas de Belém em relação às previsões económicas do Governo, Marcelo limita-se a dizer que a execução orçamental de abril não dá razão para preocupações.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.