sicnot

Perfil

Economia

Portugal bem na produção de energia renovável, mal no uso de carro individual

Portugal trabalhou bem na produção de energia a partir de renováveis e na qualidade da água da torneira, mas tem uma utilização de carros individuais "absurdamente elevada" e muito lixo depositado em aterro, disse hoje o ministro do Ambiente.

(AP/Arquivo)

(AP/Arquivo)

"Há setores onde Portugal tem caminhado bem, na produção de energia por fontes renováveis somos um país que se destaca pela positiva na Europa", e a qualidade da água para consumo humano nas torneiras "atinge valores de excelente qualidade em 99,9% dos casos", afirmou o governante.

"Há outros casos onde isto não só não é tão positivo como é negativo, como a percentagem de deslocações feitas em transporte individual que é absurdamente elevada neste país, a intensidade energética dos transportes e dos edifícios é muito elevada e muito mais elevada que nos outros países da Europa", continuou João Matos Fernandes.

A percentagem de resíduos depositados em aterro ronda os 42% e "as nossas metas são muito mais baixas que essas", alertou ainda.

João Matos Fernandes falava aos jornalistas em Lisboa, no final da apresentação do Relatório do Estado do Ambiente (REA) 2015, um documento já disponível no site da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e que reúne informação sobre várias áreas, como águas balneares, ruído, qualidade do ar, biodiversidade ou resíduos, referente a 2014.

Lusa

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual, onde aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.