sicnot

Perfil

Economia

CMVM proíbe venda a descoberto das ações do BCP até quarta-feira

A CMVM decidiu proibir a venda a descoberto das ações do BCP "por um período adicional de dois dias de negociação", depois de o banco ter esta segunda-feira desvalorizado quase 8%, para os 0,022 euros por ação.

© Hugo Correia / Reuters

Num comunicado enviado após o fecho do mercado, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) informa que decidiu "a extensão, por um período adicional de dois dias de negociação, da proibição das vendas a descoberto das ações representativas do capital social do Banco Comercial Português, S.A" na Euronext Lisbon.

No comunicado, a CMVM argumenta com a possibilidade de extensão, "por um período não superior a dois dias de negociação", até quarta-feira, da restrição temporária de vendas a descoberto de instrumentos financeiros "em caso de diminuição significativa do respetivo preço em momento posterior à implementação da restrição inicial".

A CMVM justifica ainda a decisão, afirmando que "a diminuição do preço das ações (hoje) em relação ao preço de fecho do dia de negociação imediatamente anterior é de 7,92%" e que "a flutuação do preço das ações em causa não pode excluir a ocorrência de um fenómeno de especulação com impacto negativo".

A Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA, na sigla inglesa) será notificada desta decisão do regulador português.

Lusa

  • Ações do BCP caem 25% em três dias

    Economia

    O BCP está a afundar-se na bolsa. Em apenas três dias as ações cairam 25%, valem agora menos de 2 cêntimos e meio. Os títulos já estavam a descer há algum tempo, mas o grande tombo começou esta quarta-feira, depois do Banco ter saído de um dos principais índices bolsistas do mundo.

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • EUA preparam-se para ver o primeiro eclipse solar total, 38 anos depois
    1:40
  • Pyongyang acusa Washington de atirar "achas para a fogueira"
    1:47

    Mundo

    A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram esta segunda-feira exercícios militares conjuntos. As manobras militares procuram ensaiar respostas a uma hipotética invasão da Coreia do Norte. Pyongyang já reagiu e diz que Washington está a atirar "achas para a fogueira". 

  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.