sicnot

Perfil

Economia

Taxas Euribor caem para mínimos a 3, 6 e 9 meses

As taxas Euribor caíram hoje a três, seis, nove e 12 meses, para mínimos de sempre nos primeiros três prazos, em relação a sexta-feira.

As taxas Euribor continuam em queda / Reuters

As taxas Euribor continuam em queda / Reuters

© Kai Pfaffenbach / Reuters


A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno negativo pela primeira vez a 06 de novembro passado, desceu hoje para -0,157%, novo mínimo de sempre e menos 0,003 pontos do que na sexta-feira.

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril de 2015, foi hoje fixada em -0,262%, menos 0,001 pontos do que no final da semana e atual mínimo de sempre, registado pela primeira vez em 2 de junho.

No prazo de nove meses, a Euribor foi fixada em 0,089%, novo mínimo de sempre e menos 0,001 pontos do que na sexta-feira.

Depois de ter sido fixada em valores negativos entre 27 de novembro e 03 de dezembro, a Euribor a nove meses voltou para níveis abaixo de zero a 07 de janeiro passado, nos quais se tem mantido desde então.

No prazo de 12 meses, a Euribor, que desceu para valores abaixo de zero pela primeira vez a 05 de fevereiro passado, também caiu hoje, para -0,018%, menos 0,002 pontos do que na sexta-feira e depois de em 04 de março ter descido para -0,028%, atual mínimo de sempre.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Lusa

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.