sicnot

Perfil

Economia

Taxas Euribor caem para mínimos a 3, 6 e 9 meses

As taxas Euribor caíram hoje a três, seis, nove e 12 meses, para mínimos de sempre nos primeiros três prazos, em relação a sexta-feira.

As taxas Euribor continuam em queda / Reuters

As taxas Euribor continuam em queda / Reuters

© Kai Pfaffenbach / Reuters


A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno negativo pela primeira vez a 06 de novembro passado, desceu hoje para -0,157%, novo mínimo de sempre e menos 0,003 pontos do que na sexta-feira.

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril de 2015, foi hoje fixada em -0,262%, menos 0,001 pontos do que no final da semana e atual mínimo de sempre, registado pela primeira vez em 2 de junho.

No prazo de nove meses, a Euribor foi fixada em 0,089%, novo mínimo de sempre e menos 0,001 pontos do que na sexta-feira.

Depois de ter sido fixada em valores negativos entre 27 de novembro e 03 de dezembro, a Euribor a nove meses voltou para níveis abaixo de zero a 07 de janeiro passado, nos quais se tem mantido desde então.

No prazo de 12 meses, a Euribor, que desceu para valores abaixo de zero pela primeira vez a 05 de fevereiro passado, também caiu hoje, para -0,018%, menos 0,002 pontos do que na sexta-feira e depois de em 04 de março ter descido para -0,028%, atual mínimo de sempre.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Lusa

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.