sicnot

Perfil

Economia

Estado espera hoje arrecadar até 1.000 M€ em emissões a 5 e a 9 anos

O Estado regressa hoje ao mercado e espera arrecadar até 1.000 milhões de euros através de dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT) a cinco e a nove anos.

(LUSA/ Arquivo)

Na semana passada, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) afirmou que a emissão vai ocorrer esta manhã, realizando-se dois leilões de OT, um com maturidade em abril de 2021 e outro em outubro de 2025, com montante indicativo global entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros.

Esta será a segunda emissão de longo prazo deste trimestre, depois de a 11 de maio o IGCP ter colocado no mercado 1.150 milhões de euros através deste instrumento, embora com uma maturidade diferente (10 anos), com uma taxa de 3,252%.

No último leilão de OT a cinco anos, que ocorreu a 23 de março, o IGCP colocou 504 milhões de euros a uma taxa de juro de 1,84%.

O mais recente leilão de OT a nove anos ocorreu a 08 de outubro de 2014, com Portugal a angariar 1.000 milhões de euros a uma taxa de juro de 1,85%.

De acordo com as linhas de atuação do segundo trimestre, o IGCP prevê emissões de OT através da combinação de sindicatos e leilões, sendo esperadas colocações de 1.000 a 1.250 milhões de euros por leilão.

Já no que diz respeito à emissão da dívida de curto prazo, o calendário da entidade para o segundo trimestre aponta para a realização de seis leilões de Bilhetes do Tesouro (BT), oscilando o montante indicativo global entre os 750 milhões e os 1.500 milhões de euros.

Até ao momento, neste segundo trimestre, o IGCP angariou já 1.150 milhões de euros em OT e 1.830 milhões em BT.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.