sicnot

Perfil

Economia

Governo diz que valor da injeção de capital na CGD ainda não está definido

Governo diz que valor da injeção de capital na CGD ainda não está definido

O secretário de Estado do Tesouro acaba de responder ao PSD que esta segunda-feira exigiu explicações ao Governo sobre a capitalização da Caixa Geral de Depósitos. Ricardo Mourinho Félix esclareceu que ainda não está definido qual será o valor da injeção de capital, mas disse que não terá impacto no défice porque será uma operação financeira no quadro de uma reestruturação do banco.

  • "António Costa e Passos Coelho conseguem entender-se pela negativa para não fazer inquérito à CGD"
    25:52

    Luís Marques Mendes

    No habitual comentário semanal, Luís Marques Mendes referiu que "António Costa e Passos Coelho conseguem entender-se pela negativa para não fazer inquérito à Caixa Geral de Depósitos", referindo ainda que "houve hipocrisia dos partidos" e que "o argumento do PCP é o máximo da hipocrisia", bem como o silêncio do PS, PSD e CDS. Marques Mendes comentou outros temas que marcaram a semana, dando relevância à atuação do Hospital de São José no caso do feto que permaneceu 15 semanas no útero da mãe em morte cerebral. O comentador da SIC disse ainda, quanto à seleção nacional, que Portugal tem condições para fazer um bom campeonato da Europa. As eventuais sanções a Portugal, as comemorações do 10 de junho e o alertas do Presidente da república foram outros temas em destaque.

  • PSD exige explicações do Governo sobre CGD
    1:59

    Economia

    O PSD exige explicações urgentes do Governo sobre a Caixa Geral de Depósitos e admite avançar com uma comissão parlamentar de inquérito. Os sociais-democratas dizem que o silêncio do executivo sobre a recapitalização do banco público é ensurdecedor, numa altura em que Bruxelas pressiona para que saiam 2 mil trabalhadores do banco.

  • Injeção de dinheiro na CGD pode implicar a saída dois mil trabalhadores
    2:19

    Economia

    Há uma incerteza sobre a situação atual e o futuro da Caixa Geral de Depósitos, que pode conhecer uma vaga de despedimentos. Tal como a Comissão Europeia, a responsável pela supervisão dos bancos europeus sublinha que o Estado português pode injetar dinheiro na Caixa Geral de Depósitos, desde que se comporte como um investidor privado. Se houver injeção de dinheiro, Bruxelas deverá exigir a saída de dois mil trabalhadores. A oposição exige explicações urgentes do Governo sobre o banco público e admite mesmo pedir uma investigação do parlamento.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.