sicnot

Perfil

Economia

Sindicato preocupado com eventual despedimento de 2000 trabalhadores na Caixa

O Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI) mostrou-se preocupado com o eventual despedimento de 2.000 trabalhadores da Caixa Geral de Depósitos (CGD), afirmando que esse corte "seria brutal" no banco.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Há três anos que esse número tem vindo a ser apontado. A CGD tem vindo a reduzir os seus trabalhadores, nomeadamente com o Programa Horizonte. Mas nós analisamos sempre essas hipóteses com preocupação", afirmou esta terça-feira o presidente do SBSI.

Rui Riso comentava assim o número avançado pelo comentador Marques Mendes, que no fim de semana disse que o aumento de capital na CGD será mesmo de 4.000 milhões de euros, mas que implicará um plano de reestruturação que envolve o despedimento de 2.000 trabalhadores em três anos e a saída do banco do mercado espanhol.

"Se se confirmar esse número, vai ser brutal", considerou Rui Riso, criticando a banca por não se ter conseguido adaptar a "este novo modelo", a uma "baixa assinalável da atividade económica e bancária", também devido à "falha de confiança" dos clientes com as mais recentes quedas de bancos portugueses e às regras europeias que, disse, "estão a espartilhar" os bancos.

O sindicalista lembrou ainda que nos últimos anos, o BPI perdeu 700 trabalhadores e o Barclays perdeu 1.000, e afirmou: "A confirmar-se, vamos assegurar que o impacto seja o menor possível. Quer na quantidade, quer na qualidade".

O primeiro-ministro considerou hoje que está quase concluído com a União Europeia o processo de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Ministério das Finanças remeteu para as entidades competentes o apuramento das responsabilidades civis e criminais sobre os eventuais créditos concedidos pelo banco "sem a devida avaliação" antes da recapitalização de 2012.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.