sicnot

Perfil

Economia

Portugal coloca 1.000 M€ em dívida a 3 e 11 meses a taxas mais altas

Portugal colocou hoje 1.000 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro a três e 11 meses a taxas médias superiores às dos anteriores leilões comparáveis, tendo a do prazo mais curto passado de negativa para positiva.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters (Arquivo)

Segundo a página do IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública na Bloomberg, no prazo de 11 meses foram colocados hoje 755 milhões de euros à taxa de juro média de 0,146%, superior à verificada no anterior leilão comparável de 22 de abril, de 0,037%.

A procura atingiu 1.213 milhões de euros, 1,61 vezes o montante colocado.

Em relação aos BT a três meses, o IGCP colocou 245 milhões de euros a uma taxa de juro média de 0,075%, também superior à de -0,004% verificada no anterior leilão desta maturidade em 22 de abril.

O total de propostas dos investidores para esta maturidade atingiu 639 milhões de euros, mais de 2,6 vezes o montante colocado.

O IGCP tinha anunciado para hoje a realização de dois leilões de Bilhetes do Tesouro para colocar entre 750 e mil milhões de euros.

Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.