sicnot

Perfil

Economia

Criação de empresas do setor têxtil aumentou na última década

As exportações contribuíram para um aumento de 7% do volume de negócios do setor têxtil em 2014, ano em que o número de empresas criadas foi também superior ao das que cessaram atividade, segundo o Banco de Portugal.

A análise setorial da indústria dos têxteis e vestuário realizada pelo Banco de Portugal (BdP) para o período 2010-2015 e hoje divulgada indica que o número de empresas em atividade cresceu 1,9% em 2014 (mais 0,4 pontos percentuais do que o total das empresas), em contraste com a redução verificada em 2010 (6%).

Em 2014 foram criadas neste setor 1,35 empresas novas por cada uma que cessou atividade.

A indústria dos têxteis e vestuário integrava, nesse ano, 6,5 mil empresas (aproximadamente 2% das empresas em Portugal), representando cerca de 5% do número de pessoas ao serviço e 2% do volume de negócios.

Cerca de 60% destas empresas eram microempresas e 39% pequenas e médias empresas (PME).

A faturação desta indústria cresceu 7% em 2014 (9% no "vestuário" e 5% nos "têxteis") e tem sido impulsionada pelo mercado externo.

Em 2014, as vendas ao exterior contribuíram com quatro pontos percentuais para o crescimento do volume de negócios e representavam 59% do total.

Nesse ano, o setor exportador compreendia 19% do número de empresas, 56% do número de pessoas ao serviço e 77% do volume de negócios das empresas de têxteis e vestuário.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC