sicnot

Perfil

Economia

Libra valoriza-se sustentada por sondagens que dão vitória à permanência na UE

A libra esterlina revalorizou-se hoje face ao dólar e ao euro em Londres depois das últimas sondagens apontarem para uma vantagem da permanência do Reino Unido na União Europeia no referendo de quinta-feira.

reuters

A libra subiu hoje no mercado de divisas de Londres para 1,463 dólares, mais 1,94%, e para 1,291 euros, mais 1,52%, e também se valorizou nos mercados asiáticos.

Duas sondagens publicadas durante o fim de semana no Reino Unido apontam para uma consolidação do apoio dos eleitores britânicos ao "remain" (permanência) do Reino Unido na União Europeia (UE) no referendo da próxima quinta-feira.

A moeda britânica tinha-se desvalorizado na semana passada depois de vários dias em que as sondagens apontavam para uma vitória do 'brexit' (saída) no referendo.

A bolsa de Londres também estava hoje a meio da manhã em forte alta, com o principal indicador, FTSE-100, que inclui as principais empresas do Reino Unido, a subir 160,72 pontos, mais 2,67%, para 6.181,81 pontos.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, a favor da permanência na UE, já tinha indicado que uma eventual saída do bloco europeu poderia criar uma desaceleração económica, com um duro impacto para as empresas e para as famílias britânicas

  • Sondagens indicam empate técnico no referendo sobre o Brexit
    2:31

    Brexit

    No Reino Unido, e depois de três dias de luto pela morte de Jo Cox, foi retomada a campanha para o referendo à saída do país da União Europeia. As últimas sondagens indicam um empate técnico com pelo menos oito por cento dos eleitores indecisos. Um cartaz anti-imigração provocou a polémica e a divisão entre os opositores da Europa.

  • Novas sondagens dão vitória do "sim" na permanência do Reino Unido na UE

    Brexit

    No Reino Unido, as últimas sondagens começam a apontar para uma inversão na tendência de voto do referendo à permanência na União Europeia. Até agora, todas as sondagens da Yougov para o The Times diziam que a maioria dos britânicos defendia a saída.46 contra 39% dos eleitores estavam a favor do "Brexit".O novo inquérito revela agora que 44% dos ingleses são a favor da permanência.