sicnot

Perfil

Economia

MEO e NOS começam a vender equipamentos móveis desbloqueados

O MEO vai vender a partir de hoje todos os seus equipamentos móveis desbloqueados, um movimento que a NOS também fará na próxima semana.

© Mike Segar / Reuters (Arquivo)

O anúncio do MEO surgiu hoje, tornando-se assim no primeiro operador nacional a desbloquear todos os equipamentos móveis, naquilo que considera ser "a introdução de um novo paradigma no mercado português".

"Introduzindo um novo paradigma no acesso aos equipamentos móveis, o MEO permite aos seus clientes passarem a adquirir todos os modelos do seu portefólio já desbloqueados", diz a operadora em comunicado, colocando o enfoque nos serviços que são disponibilizados, como a oferta adicional de 5 Gigabytes de Internet nos 'smartphones'.

Como tal, acrescenta que todos os equipamentos móveis do MEO adquiridos a partir de agora, desde telemóveis, 'tablets', placas ou 'routers wireless' (dispositivo que encaminha pacotes de dados entre redes de computadores), estão desbloqueados de origem ou podem ser desbloqueados gratuitamente em qualquer momento, "mediante a solicitação do respetivo código de desbloqueio (SUK), em meo.pt ou nos pontos de venda MEO".

A NOS adiantou também à Lusa que a partir da próxima semana vai "comercializar todos os telemóveis desbloqueados e para sempre, num movimento que revoluciona o mercado de terminais móveis em Portugal".

"A NOS disponibiliza a partir de agora todos os telemóveis desbloqueados. Numa primeira fase, os clientes apenas terão que proceder ao desbloqueio dos terminais, sem quaisquer custos, em loja ou através do 'site' (www.nos.pt). Posteriormente, todos os equipamentos comercializados pela NOS serão disponibilizados já desbloqueados no momento da compra", detalha a operadora.

Por sua vez, a Vodafone explicou que a sua campanha "assenta numa proposta de valor diferente", que passa pela disponibilização de 15 gigabytes de Internet este verão na compra de equipamentos 4G (quarta geração) incluídos na campanha".

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19