sicnot

Perfil

Economia

Marisa Matias diz que Wolfgang Schäuble decidiu "acicatar mercados"

A eurodeputada do Bloco de Esquerda Marisa Matias afirmou esta quarta-feira que as declarações do ministro das Finanças alemão sobre Portugal "só se percebem num quadro de tentar acicatar os mercados".

JOS\303\211 COELHO

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, afirmou hoje que Portugal está a pedir "um segundo programa" e que "vai consegui-lo", em declarações citadas pela agência de informação financeira Bloomberg.

Mais tarde, já em declarações aos jornalistas, o governante alemão corrigiu as suas declarações: "Os portugueses não o querem e não vão precisar (de um segundo resgate) se cumprirem as regras europeias".

"São declarações que só se percebem num quadro de tentar acicatar os mercados uma vez que a execução orçamental em Portugal está a correr bem", disse a eurodeputada, dando também como exemplo os dados do défice relativos a maio deste ano, que mostram que diminuiu.

O défice orçamental em contas públicas fixou-se nos 395 milhões de euros até maio, menos 453 milhões do que no mesmo período do ano passado, segundo dados Ministério das Finanças.

"Neste contexto, o ministro das Finanças alemão resolveu acicatar os mercados", vincou Marisa Matias.

Para a eurodeputada do BE, no contexto que se está a viver atualmente na União Europeia de "incerteza e enorme instabilidade", devido à decisão do Reino Unido de sair do bloco europeu, as declarações do ministro alemão não fazem "muito sentido".

"Sei que já desmentiram as suas declarações, mas não faz sentido neste contexto estar ainda a criar mais instabilidade social e nos mercados. Há uma enorme obsessão ideológica e uma vontade permanente de colocar pressão e chantagem em relação ao povo português", afirmou Marisa Matias.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.