sicnot

Perfil

Economia

Santander e Deutsche Bank falham testes de stress norte-americanos

As subsidiárias norte-americanas do banco alemão Deutsche Bank e do espanhol Santander chumbaram no teste anual de stress da Reserva Federal (Fed), devido a falhas nos planos de capital e gestão de risco.

Mark Lennihan/ AP

O Fed deu uma aprovação condicionada à remuneração acionista do Morgan Stanley e aprovou os planos de distribuição de capital de outras 30 instituições financeiras.

O Santander Holdings USA falhou a avaliação do banco central americano pela terceira vez consecutiva e o Deutsche Bank Trust Corporation pelo segundo ano.

Na semana passada, o Fed anunciou que os 33 bancos considerados sistémicos para o sistema financeiro, ou seja "demasiado grandes para falir", tinham passado nos aspetos quantitativos do teste de 'stress', o que significa que considerou que tinham capital suficiente para aguentar um grande choque económico, como uma recessão grave.

No entanto, o Fed disse hoje que detetou, nos resultados finais do teste, falhas significativas no que respeita aos aspetos "qualitativos" de retorno de capital aos acionistas propostos pelo Santander e pelo Deutsche Bank, considerando que se baseavam em pressupostos que "não eram razoáveis nem apropriados".

A consequência imediata desta decisão é bloquear qualquer tipo de distribuição de capital dos dois bancos.

O Morgan Stanley pode faze-lo, mas terá de resolver as falhas identificadas num período de seis meses. Se não conseguir cumprir as recomendações neste prazo, o Fed pode bloquear distribuições adicionais.

O Fed considerou que o facto de a grande maioria das instituições ter recebido aprovação mostra as vantagens dos requisitos de capital impostos pelo banco central americano desde a crise financeira de 2008.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.