sicnot

Perfil

Economia

Suspensa greve dos controladores aéreos portugueses

Os seis sindicatos representativos dos trabalhadores da NAV Portugal cancelaram hoje a greve que pretendia alertar para o abandono da empresa responsável pelo controlo do tráfego aéreo em Portugal, depois do Governo ter nomeado a totalidade do Conselho de Administração.

© Rafael Marchante / Reuters

Em comunicado, "os trabalhadores da NAV Portugal e sindicatos seus representantes congratulam-se com o anúncio do Governo indicando a composição da totalidade do novo Conselho de Administração da empresa, que abre perspetivas de normalização do funcionamento após meses de abandono".

Neste contexto, depois de verem respondidas as suas pretensões, a plataforma sindical da NAV Portugal anunciou a suspensão da greve marcada para quinta-feira (das 14h00 às 16h00) e 8, 15, 22 e 29 de julho (das 08h00 às 10h00), ma expetativa que "esta nomeação permita terminar o período de instabilidade que a NAV Portugal tem vindo a viver".

O Governo nomeou a totalidade do Conselho de Administração da NAV Portugal, uma das reivindicações dos trabalhadores, que na terça-feira anunciaram uma greve.

Em comunicado enviado hoje, o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas considera que "a nomeação do novo Conselho de Administração cria as condições para o pleno desenvolvimento da empresa responsável pelo controlo do tráfego aéreo em Portugal continental e nas Regiões Autónomas".

O tenente-coronel Albano Manuel Carvalho Coutinho vai presidir a partir de 01 de julho à NAV Portugal, e terá como vogais Francisco Gil e Egídia de Queiroz Martins, mais de um ano depois de ter o presidente em funções.

Na terça-feira, seis sindicatos representativos dos trabalhadores da NAV Portugal anunciaram uma greve parcial, com duração de duas horas, durante cinco dias.

Hoje, o Governo deu conta que já solicitou à Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CRESAP) os necessários pareceres com vista à nomeação do novo Conselho de Administração (CA) da NAV Portugal.

Albano Coutinho que, desde 2010, é inspetor de navegação aérea na Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), vai substituir Luís Coimbra, cujo mandato como presidente da gestora do espaço aéreo português terminou em 2015.

Na ANAC, Albano Coutinho era responsável pelo licenciamento dos controladores de tráfego aéreo e representava Portugal nos grupos de trabalho da International Civil Aviation Organization (ICAO) para questões de navegação aérea.

Para vogais são designados Francisco Fernandes Gil, que integrou o Conselho de Administração da SATA, e Egídia Pinto de Queiroz Martins, assessora responsável pela avaliação e controlo dos projetos de investimento, orçamentos de exploração e controlo financeiro da NAV.

Lusa

  • Primeiro-ministro agradece sacrifícios dos portugueses
    0:46

    Economia

    O primeiro-ministro diz que os números do INE em relação ao défice de 2016 são prova de que havia uma alternativa e deixou uma palavra de agradecimento aos portugueses. As declarações de António Costa foram feiras aos jornalistas em Roma, onde se encontra para assinalar no sábado os 60 anos da União Europeia.

  • Jerónimo diz que UE vai continuar a causar constrangimentos a Portugal
    0:35

    Economia

    Esta sexta-feira na inauguração de uma exposição em Almada que denuncia a precariedade dos postos de trabalho, Jerónimo de Sousa falou sobre o défice de 2016. Para o secretário-geral do PCP, apesar do Governo ter ido além do exigido por Bruxelas, a União Europeia vai continuar a impedir Portugal de crescer.

  • Enfermeiros desconvocam greve

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33

    País

    O Comissário Europeu da Saúde defende uma proibição total do consumo de tabaco no espaço público. Esta e outras medidas foram defendidas, ontem, na Conferência Tabaco e Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

  • Visitar o Titanic vai custar 97 mil euros por pessoa

    Mundo

    Uma viagem a bordo do Titanic em 1912 era considerada uma viagem de luxo. Mais de 100 anos depois, continua a ser um luxo visitar o Titanic. Em 2018, vai ser possível conhecer os restos daquele que em tempos foi o maior navio do mundo. Contudo, nem todos vão poder fazê-lo, pois a viagem irá custar cerca de 97 mil euros por pessoa.