sicnot

Perfil

Economia

Toyota Caetano Portugal chama à revisão 950 viaturas

A Toyota Caetano Portugal anunciou hoje a chamada à revisão de 950 viaturas em Portugal, modelos Prius, Prius Plug-in de terceira geração e Lexus, devido a um problema detetado nos 'airbags' de cortina.

© Yuya Shino / Reuters

De acordo com o fabricante automóvel japonês Toyota Motor, vão ser chamados à revisão 1,43 milhões de veículos em todo o mundo devido a novos problemas detetados nos 'airbags' produzidos pela empresa nipónica Takata.

À agência Lusa, o relações públicas da marca em Portugal, Victor Marques, adiantou que no país vão ser chamadas à revisão 950 viaturas (713 Toyota Prius, cinco Toyota Prius Plug-in, e 232 Lexus CT200h.

Segundo o mesmo responsável, os modelos envolvidos são os Toyota Prius e Prius Plug-in (3.ª geração) produzidos entre outubro de 2008 e abril de 2012 e o Lexus CT200h produzidos entre agosto de 2010 e abril de 2012.

Victor Marques explicou que o potencial problema é que as viaturas em questão "estão equipadas com 'airbags' de cortina localizados na lateral esquerda e direita do tejadilho. Cada 'airbag' de cortina contém duas câmaras com um componente soldado. Alguns podem ter uma pequena fissura neste componente na zona soldada que poderá afetar o correto funcionamento do 'airbag' de cortina".

De acordo com o mesmo responsável, o problema estima-se que a reparação dure entre duas a quatro horas por veículo.

Em todo o mundo, são chamados à revisão 1,43 milhões de veículos. A maioria dos automóveis afetados foi vendida no Japão (743.000), América do Norte (495.000) e Europa (141.000), confirmou um porta-voz da empresa à agência Efe.

O líder mundial automóvel detetou pequenas fissuras nas soldaduras do inflador dos 'airbags' laterais dos bancos da frente, o que poderia causar a separação das peças do dispositivo.

Tal poderia levar o inflador (o encapsulado metálico em que se aloja o 'airbag') a sair projetado no caso de ativado o 'airbag', representando, portanto, um risco à segurança dos ocupantes do veículo, apesar de a Toyota não ter, até ao momento, conhecimento de qualquer incidente do tipo, segundo a mesma fonte.

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Portugueses passam mais de oito horas por semana ao volante
    0:59

    País

    Os portugueses gastam, em média, oito horas em deslocações durante a semana. Um estudo do Observatório Europeu da Mobilidade, divulgado hoje, diz ainda que a grande maioria prefere o automóvel como meio de transporte. Entre os países europeus, Portugal é líder na utilização do carro para deslocação para o trabalho.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • PCP abre debate quizenal com assuntos laborais e sociais

    País

    Um dia depois da sessão solene do 25 de Abril, os deputados regressam hoje ao parlamento para mais um debate quinzenal com o primeiro-ministro, que será seguido por uma discussão sobre o Conselho Europeu extraordinário de sábado. Acompanhe aqui em direto às 15h00 e Minuto a Minuto.

  • Portugal subiu cinco lugares no Ranking da Liberdade de Imprensa
    1:42

    País

    Portugal está agora na 18 ª posição em 180 países no relatório deste ano dos Repórteres Sem Fronteiras. Esta associação revela que a imprensa portuguesa foi condenada 21 vezes por violação de liberdade de expressão e por difamação pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.