sicnot

Perfil

Economia

"É preciso reduzir o risco de que ser europeu passe a ser uma sanção"

O ministro das Finanças, Mário Centeno, afirmou hoje em Lisboa que a Europa vive "momentos de desafio", defendendo que é preciso "reduzir o risco de que ser europeu passe a ser, em si mesmo, uma sanção".

Mário Centeno, ministro das Finanças

Mário Centeno, ministro das Finanças

© Hugo Correia / Reuters (Arquivo)

"Vivemos, de facto, momentos de desafio na Europa, momentos de desafio que na semana que passou deram um passo adicional com a decisão do referendo sobre a permanência na União Europeia [UE] do Reino Unido", cujos eleitores decidiram pela saída do país do bloco europeu, afirmou o ministro.

"São momentos de desafios, mas em que temos de olhar para a Europa e perceber que temos de dar uma resposta à cidadania da UE, em que se possa reduzir o risco de que ser europeu passe a ser, em si mesmo, uma sanção", disse Mário Centeno na conferência "O futuro da indústria na Europa", organizada hoje em Lisboa pela Confederação Empresarial de Portugal (CIP).

O ministro afirmou que "a Europa é um projeto em construção" e que "tem talvez a moeda mais jovem do mundo", sublinhando que "é ela uma instituição incompleta".

Para o ministro das Finanças, "o único caminho" a seguir é "completar a construção da UE, melhorando as suas instituições".

O governante dirigiu-se depois aos empresários presentes na conferência para dar uma garantia: "Temos um enorme espaço para melhorar, temos de empreender este caminho", afirmou, reconhecendo, no entanto, que hoje há "uma Europa diversa, mas uma Europa muito desigual".

Lusa

  • Costa contradiz Centeno e descarta revisão de previsões para 2016
    2:10

    Economia

    O primeiro-ministro admite rever em outubro o quadro de previsões económicas do Governo. Contudo, descarta qualquer alteração ao cenário traçado para 2016. Deste modo, contraria o ministro das Finanças que horas antes, no Parlamento, admitia rever o crescimento do PIB em 2016. António Costa só admite a revisão do crescimento para 2017.

  • Centeno diz que relação com Inglaterra merece o maior cuidado
    0:32

    Brexit

    Mário Centeno evitou comentar o resultado do referendo britânico e as consequências do Brexit. O ministro das Finanças dedicou apenas segundos da sua intervenção no aniversário dos 25 anos da CMVM para falar do assunto. O titular da pasta das Finanças diz que relação com Inglaterra merece o maior cuidado.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.