sicnot

Perfil

Economia

"Se a Comissão não faz nada, temos nós de agir e resolver os problemas"

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, disse hoje que, se a Comissão Europeia não resolver rapidamente os principais problemas, devem ser tomadas decisões intergovernamentais, mesmo que nessas decisões não sejam envolvidos todos os Estados membros da União Europeia.

Geert Vanden Wijngaert

"Se a Comissão não faz nada, temos nós de agir e resolver os problemas entre os governos. Se não dor possivel juntas todos os 27 tem de se começar com poucos", disse o ministro, em declarações publicadas hoje pelo semanário alemão "Welt am Sonntag".

Wolfgang Schäuble rejeitou a ideia de reagir ao Brexit retirando poderes a Bruxelas e devolvê-los aos Estados membros: "Isso não resolve os nossos problemas. Agora não podemos lidar com as mudanças complicadas nos tratados que exigem a unanimidade", disse ele.

A UE, de acordo com o ministro, tem que mostrar agora que pode resolver rapidamente alguns problemas-chave, pois "só então vai convencer as pessoas e a confiança vai-se recuperar".

Como problemas centrais, Schäuble enumerou a crise dos refugiados ou a luta contra o desemprego dos jovens em países em crise.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.