sicnot

Perfil

Economia

Sindicato do pessoal de voo recusa reunir-se com SATA sem presença do presidente

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) recusou hoje reunir-se com o Conselho de Administração da transportadora aérea açoriana SATA sem a presença do seu presidente, Paulo Meneses, que se encontra em Bruxelas.

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

"A reunião era especificamente com ele, podia ser com a administração toda, mas ele teria que estar presente, não houve reunião", disse à agência Lusa a presidente do SNPVAC.

Luciana Passo considerou uma "falta de respeito" para com o sindicato e "sintomático da desorganização que grassa na SATA" o facto de o sindicato não ter sido sequer avisado da ausência de Paulo Meneses.

"O presidente do Conselho de Administração tem de saber o que se passa na SATA, não sabemos nós até que ponto ele sabe ou está inteirado, e há muitas coisas a serem tratadas, muitos assuntos pendentes e recorrentes", sublinhou Luciana Passo.

A vogal do Conselho de Administração da SATA, Isabel Barata, reagiu com "estranheza" a esta posição do sindicato quando em ocasiões anteriores tem sido recorrente a ausência do presidente da companhia aérea açoriana.

"A empresa fez-se desta vez representar por dois administradores, como é normal e tem acontecido, e o sindicato entendeu que desta vez queria ter o presidente presente, estranhamos. O senhor presidente quando pode estar, está, quando não pode estar, por razões de agenda, não está. O senhor presidente está em Bruxelas, num congresso das empresas de aviação comercial regionais da Europa", explicou Isabel Barata.

Na reunião agendada para hoje, o SNPVAC queria debater vários assuntos com o presidente da companhia aérea açoriana, entre os quais "a operação e a situação laboral da SATA Internacional".

Luciana Passo afirmou que entre as questões a debater estava o plano estratégico, que "é aparentemente inexistente" e, ainda, "problemas com as tripulações, com os voos, com os tempos de trabalho, com questões fiscais e questões laborais da SATA Air Açores e da SATA Internacional".

"Eram variadíssimas questões, todas elas importantes e todas requerem uma solução urgente", sublinhou Luciana Passo.

A presidente do sindicato diz haver "falta de tripulações na SATA", o que a vogal do Conselho de Administração da companhia justifica com uma situação extraordinária de "elevado absentismo", fruto de "algumas licenças que estão previstas na lei".

Lusa

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.