sicnot

Perfil

Economia

Taxas aeroportuárias vão subir nos aeroportos de Lisboa e do Porto

As taxas aeroportuárias aumentam sete cêntimos por passageiro no Aeroporto de Lisboa e cinco cêntimos no do Porto em novembro e dezembro, subida decorrente de um crescimento do tráfego acima do previsto, informou hoje a ANA.

© Rafael Marchante / Reuters

Segundo a empresa liderada por Ponce de Leão, que desde o início de 2013 está nas mãos do grupo francês Vinci, este ajustamento tarifário resulta de um aumento do tráfego aéreo em 2016 que deverá ficar 8,7% acima do estimado inicialmente.

Assim, a taxa média regulada relativamente à decisão publicada no final de outubro de 2015 passa de 10,94 para 11,01 euros no Aeroporto de Lisboa e de 7,84 para 7,89 euros no Aeroporto do Porto.

Até ao final de julho, a ANA lançará o processo de consulta a todos os utilizadores para a fixação das taxas para 2017, não tendo o ajustamento hoje anunciado - limitado a dois meses - qualquer implicação nas taxas a propor para o próximo ano.

"O modelo de fixação das taxas aeroportuárias da ANA - Aeroportos de Portugal é baseado em estimativas feitas com mais de seis meses de antecedência em relação ao ano de aplicação das taxas. No caso da estimativa realizada em 2015, com vista ao apuramento das taxas a aplicar em 2016, constata-se que a mesma teve por base um cenário muito conservador de crescimento do tráfego", lê-se no comunicado da gestora dos aeroportos portugueses.

Segundo a ANA, este ajustamento tarifário produz efeitos a partir de 1 de novembro de 2016 até 31 de dezembro de 2016, com o objetivo de recuperar parte da receita regulada não cobrada por via da variação do volume de tráfego, o que, nos termos do Contrato de Concessão, permitirá minimizar os impactos desta situação para os clientes, evitando o acumular de desvios tarifários e permitindo garantir a continuidade dos investimentos em curso, com vista ao aumento da capacidade e da qualidade dos aeroportos.

Neste contexto, a empresa recorda que em 2016 investirá mais de 72 milhões de euros na rede de aeroportos como forma de continuar a responder às necessidades do acentuado crescimento do tráfego.

Lusa

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.