sicnot

Perfil

Economia

Marcelo ficará "mais aliviado" quando o Orçamento para 2017 for aprovado na AR

O Presidente da República disse hoje que vai ficar "mais aliviado nas suas preocupações", relativamente à economia e finanças do país, quando o Orçamento do Estado para 2017 estiver concluído e aprovado na Assembleia da República.

JOS\303\211 COELHO

"Quando estiver pronto o Orçamento para 2017 e passar no parlamento, o Presidente fica mais aliviado nas suas preocupações relativamente à economia e às finanças do país e em relação ao que tem de fazer de empenhamento até externo em relação ao Governo", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado proferiu estas declarações num balanço da segunda 'edição' da iniciativa "Portugal Próximo", que decorreu em Trás-os-Montes, a bordo de um barco, em viagem pelo rio Douro, junto ao Pocinho, no distrito da Guarda.

Durante três dias, Marcelo Rebelo de Sousa visitou três distritos, instituições de investigação e de ensino superior, museus, equipamentos desportivos, culturais e empresas. Numa fábrica fez uma analogia entre o cogumelo grande e o pequeno, o Presidente da República e o Governo e a solidariedade institucional para "aguentar o Governo por uns tempos".

Questionado sobre o que queria dizer com esta analogia, respondeu que aproveitou para falar sobre a solidariedade institucional "porque havia um cogumelo grande e outro um bocadinho mais pequeno, mas também importante e ali o cogumelo grande é que servia de apoio ao mais pequeno (o Governo)".

"Ocorreu-me como é importante a posição do Presidente relativamente ao Governo quando tem que enfrentar dificuldades", referiu.

E porquê por "uns tempos"? "Eu espero que não se justifique em termos económicos e financeiros haver estas dificuldades e estes debates que tem havido nos últimos tempos sobre as consequências dos défice de 2015, o ano de 2016, a preparação para 2017", referiu.

O Presidente da República referiu ainda que "esta é uma situação que exige o acompanhamento atento".

"Mas não é que eu esteja especialmente angustiado", acrescentou.

Até porque, salientou que os "factos que têm ocorrido, têm ocorrido todos da maneira como se tinha pensado" e a "angústia surge quando há factos inesperados".

Já hoje, Marcelo brincou com os microfones dos jornalistas para explicar que o "Presidente está rigorosamente ao centro".

"Vejam que o Presidente tão depressa é recebido por presidentes da câmara de direita como de esquerda e tão depressa está atendo aquilo que faz o Governo como àquilo que diz a oposição e a preocupação é estar rigorosamente no centro da vida política portuguesa", frisou

Em três dias de "Portugal Próximo", Marcelo Rebelo de Sousa passou pelos distritos de Vila Real, Bragança e Guarda, por 11 concelhos e participou em 15 iniciativas.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25