sicnot

Perfil

Economia

Estado paga milhões ao setor elétrico por serviço que nunca foi necessário

Estado paga milhões ao setor elétrico por serviço que nunca foi necessário

Há mais um caso na polémica das rendas excessivas do setor elétrico. Cinquenta e duas grandes unidades industriais vão receber, este ano, do Estado uma renda garantida de 113 milhões de euros. Em troca, estão obrigadas a suspender temporariamente a produção, caso o país tenha uma crise momentânea de electricidade. Só há um problema: as rendas são pagas há mais de cinco anos a troco de nada, porque até agora nenhuma das empresas precisou de dar fosse o que fosse em troca da renda garantida. O ministro da economia, Manuel Caldeira Cabral, já disse que a medida é importante, uma vez que contribui para um melhor funcionamento do sistema elétrico nacional.

  • Ministra tem condições para ficar?
    1:57
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.