sicnot

Perfil

Economia

Estado paga milhões ao setor elétrico por serviço que nunca foi necessário

Estado paga milhões ao setor elétrico por serviço que nunca foi necessário

Há mais um caso na polémica das rendas excessivas do setor elétrico. Cinquenta e duas grandes unidades industriais vão receber, este ano, do Estado uma renda garantida de 113 milhões de euros. Em troca, estão obrigadas a suspender temporariamente a produção, caso o país tenha uma crise momentânea de electricidade. Só há um problema: as rendas são pagas há mais de cinco anos a troco de nada, porque até agora nenhuma das empresas precisou de dar fosse o que fosse em troca da renda garantida. O ministro da economia, Manuel Caldeira Cabral, já disse que a medida é importante, uma vez que contribui para um melhor funcionamento do sistema elétrico nacional.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.