sicnot

Perfil

Economia

Governo e parceiros sociais voltam a discutir medidas ativas de emprego

Governo e parceiros sociais voltam hoje à Concertação Social para continuar a discussão sobre Políticas Ativas de Emprego, com o objetivo de encontrar um modelo mais eficaz.

No último encontro, a 23 junho, o ministro do Trabalho considerou que os resultados das medidas ativas de emprego aplicadas nos últimos anos ficaram aquém do desejável e defendeu a revisão do modelo, de modo a direcioná-las para a criação de emprego de qualidade.

O Governo divulgou nessa data aos parceiros sociais um documento que refere que menos de metade dos jovens (38%) que em 2014 fizeram estágios financiados pelo IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional estavam em 2015 a trabalhar, sem mais apoios do Estado, mas que apenas 16% foram contratados pela empresa onde estagiaram.

Segundo o relatório preliminar, os níveis de acumulação de medidas ativas de emprego são variáveis, mas mais significativos relativamente à acumulação de estágios e de apoios à contratação.

Em 2014, do total de ex-estagiários, metade foi empregada com apoio à contratação.

O Governo e os parceiros sociais deverão ainda definir a programação do próximo semestre de reuniões de Concertação Social.

Lusa

  • O mais sério aviso de Marcelo Rebelo de Sousa ao Governo
    3:15
  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • O sorriso de Jorge Jesus quando soube que o símbolo da Juventus mudou
    1:21

    Desporto

    A Juventus surpreendeu grande parte do mundo do futebol quando alterou completamente o emblema. Agora, o símbolo faz lembrar as iniciais do nome do treinador do Sporting. Jorge Jesus não sabia, mas ficou esta terça-feira a saber e parece ter gostado. O técnico de Alvalade regressa quarta-feira ao estádio da equipa italiana, que conhece muito bem.