sicnot

Perfil

Economia

Governo e parceiros sociais voltam a discutir medidas ativas de emprego

Governo e parceiros sociais voltam hoje à Concertação Social para continuar a discussão sobre Políticas Ativas de Emprego, com o objetivo de encontrar um modelo mais eficaz.

No último encontro, a 23 junho, o ministro do Trabalho considerou que os resultados das medidas ativas de emprego aplicadas nos últimos anos ficaram aquém do desejável e defendeu a revisão do modelo, de modo a direcioná-las para a criação de emprego de qualidade.

O Governo divulgou nessa data aos parceiros sociais um documento que refere que menos de metade dos jovens (38%) que em 2014 fizeram estágios financiados pelo IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional estavam em 2015 a trabalhar, sem mais apoios do Estado, mas que apenas 16% foram contratados pela empresa onde estagiaram.

Segundo o relatório preliminar, os níveis de acumulação de medidas ativas de emprego são variáveis, mas mais significativos relativamente à acumulação de estágios e de apoios à contratação.

Em 2014, do total de ex-estagiários, metade foi empregada com apoio à contratação.

O Governo e os parceiros sociais deverão ainda definir a programação do próximo semestre de reuniões de Concertação Social.

Lusa

  • As vítimas do ataque de Londres

    Ataque em Londres

    O ataque desta quarta-feira ao Parlamento britânico em Londres fez quatro mortos, incluindo o atacante. Cerca de 40 pessoas de 11 países diferentes ficaram feridas, entre as quais 29 precisaram de ser levadas para o hospital, onde sete continuam em estado crítico.

    Ana Rute Carvalho

  • Inclusão social em Évora
    2:08

    País

    Mais de 40 empresas do distrito de Évora abriram as portas durante um dia a pessoas portadoras de deficiência. É ideia foi sublinhar a importância da  inclusão no mercado de trabalho.